[Séries de Livros] Os Bridgertons


Eu resolvi começar a escrever uma coluna que fale sobre séries de livros e o primeiro post será dedicado aos meus queridos Bridgertons da autora Julia Quinn.

Quinn é uma autora norte-americana que escreve livros de romances de época. Seus livros já foram traduzidos para 26 idiomas e já emplacou 14 títulos consecutivos na lista de mais vendidos do The New York Times. Suas primeiras obras, "Splendid" e "Dancing at Midnight" da série The Splendid Trilogy foram publicadas em 1995. Julia Quinn não pretendia ser escritora, ela tinha acabado de se formar em História da Arte quando percebeu que ainda não sabia o que gostaria de fazer, então decidiu iniciar seus estudos em outra área, e pensou na possibilidade de ser médica. Entretanto, essa área exige muito estudo e enquanto se preparava para tentar entrar na faculdade de Medicina, resolveu escrever alguns romances. Julia não fazia ideia que suas obras fariam tanto sucesso até o momento que seu agente ligou avisando que seus dois primeiros livros estavam sendo disputados por duas editoras. Consequentemente, Quinn escreveu mais livros e desistiu, definitivamente, do ramo da medicina.

Os Bridgertons, -que eu tanto comento no blog-, teve seu primeiro volume publicado no ano de 2000. Julia Quinn não planejava fazer uma série com oito livros, e sim uma trilogia, entretanto a série fez muito sucesso e a própria autora estava amando escrever sobre a família.


A série é composta por oito livros e cada volume é protagonizado por um dos irmãos, cujos nomes foram batizados em ordem alfabética de acordo com a ordem de nascimento: Anthony (o mais velho e quem detém o título de Visconde, desde a morte do pai), Benedict, Colin, Daphne, Eloise, Francesca, Gregory e Hyacinth (a caçula). Todavia, a ordem da série não segue essa sequência. O primeiro volume, por exemplo, narra a história de Daphne.


Cada livro tem como foco principal um casal, que se apaixona de imediato ou não, e que passam por diversos obstáculos que tentam impedir um final feliz. Muitas vezes os problemas que eles enfrentam, é justamente o fato de não assumirem o amor ou por apresentar algo obscuro no passado que os impedem de seguir em frente.


A história é ambientada no início do século XIX, na Inglaterra. A família Bridgerton é composta por oito irmãos -quatro rapazes e quatro moças- e sua mãe Violet, a viscondessa-viúva, que perdeu seu marido de uma forma bem inesperada. A família é bastante unida, extremamente divertida, barulhenta e muito respeitada pela sociedade britânica. O principal cenário dos romances -pelo menos nos primeiros livros- são os bailes de temporada, que é aonde rapazes e moças nobres têm a oportunidade de se conhecer e dali, quem sabe, surgir um pedido de casamento. Não só os jovens estão presentes nesses bailes, mas também as mamães casamenteiras, senhoras que estão loucas para ver suas filhas -e filhos também- casados. Violet não é muito diferente dessas mães e pega no pé de seus filhos e filhas, principalmente das moças porque os rapazes sempre são mais difíceis. A única diferença é que Violet é extremamente compreensiva e permite que seus filhos escolham com quem quer se casar. Esse é um dos principais pontos que faz eu considerar os Bridgertons uma família fora dos padrões da época. Eles realmente têm poder de decisão.

Entretanto, mesmo podendo fazer suas escolhas eles não chegam a ser rebeldes, nem sempre pelo menos (risos). Eles são extremamente educados e honrados, além de divertidos e engraçados. Os livros são recheados de personagens adoráveis e carismáticos, com situações inusitadas que faz o leitor suspirar e rir bastante. Há também muitos conflitos, principalmente internos, onde a personagem tem que lidar com algum medo, constrangimento, ou qualquer tipo de dificuldade que já passou ou vem passando durante sua vida.


Por ser ambientado no século XIX, a história apresenta todos os costumes, moda e regras da sociedade londrina da época, o que deixa a trama mais autêntica ao leitor, entretanto o foco principal é o casal e o romance que os envolve. A leitura dessas obras é agradável e fluida, com um romance lindo, sensual e divertido. As personagens são verossímeis e extremamente carismáticas, mas tenho que pontuar as mulheres que a autora desenvolve nos romances, sendo uma Bridgerton ou não, são de admirar, pois são fortes, inteligentes, sagazes, determinadas e divertidas, cada uma do seu modo.

Quando iniciei essa série a minha principal preocupação, por ser oito livros, era das histórias perderem a qualidade a cada volume, afinal o primeiro livro é ótimo, daí eu me perguntava será que os outros também serão? Hoje posso afirmar que SIM, são. Claro que possuo os meus favoritos, mas uma das coisas que mais me surpreendeu nessa série é que em cada volume é construído personagens e situações diferentes. Já comentei isso em uma das minhas resenhas e repito cada história tem seu valor, cada personagem tem uma nova história para contar e  Julia Quinn consegue explorar bem os diferentes tipos de amor, deixando cada volume mais interessante e contendo sua própria essência.


A série é publicada aqui no Brasil pela Editora Arqueiro, que fez um excelente trabalho na diagramação dos livros. O papel é ótimo, não me lembro de ter achado erros e as capas são lindas. Achei que as fotos escolhidas para representar cada livro combinaram perfeitamente com o clima da história e com as protagonistas da série. Estão de parabéns! No início dos livros há uma árvore genealógica da família apresentando também os próximos livros da série, e no final de cada livro há um pequeno epílogo que normalmente retrata sobre acontecimentos futuros da história, onde o leitor termina de ler o livro mas enxerga um pouco mais além da vida das personagens, é uma parte do livro que mesmo pequena é cativante. 


Apesar de não haver necessidade de uma leitura cronológica,- pois cada livro fala de uma nova história-, acho importante ler todos na ordem, pois tem certos pontos que se ligam. Outra questão são as  personagens que aparecem e  já tiveram suas histórias contadas em livros anteriores, daí pode haver um leve spoiler de acontecimentos e o fato de que, em alguns livros, há ganchos na história que levam pro volume seguinte. Mas aí vai de cada um, risos, é apenas uma sugestão.

Segue abaixo os livros  em ordem da série com link para suas resenhas:

Além dos oito livros da série, há um nono volume que foi escrito posteriormente chamado E Viveram Felizes Para Sempre (que é um livro que a autora inseriu segundos epílogos de todos volumes e de bônus uma história da Violet, que também será publicado pela Editora Arqueiro aqui no Brasil). Há também outros dois livros de uma personagem adorada da série: Lady Whistledown, personagem enigmática, que escreve crônicas divertidas sobre a sociedade londrina, mas ninguém sabe quem é. Além de romances e confusões, os Bridgertons também é uma série que possui seus mistérios. Portanto, Quinn também produziu dois livros que têm relação com este personagem chamados: "Thirty-Six Valentines - The Further Observations of Lady Whistledown”  e “The First Kiss- Lady Whistledown Strikes Back”, em parceria com as autoras Suzanne Enoch, Karen Hawkins e Mia Ryan. Há também um livro que estreou este ano chamado "Because of Miss Bridgerton" que retrata a história de Sybilla (Billie) Bridgerton, irmã mais velha de Edmund (nome do esposo de Violet e que já está falecido na história da série Os Bridgertons), entretanto esse livro não tem muita relação com esta série até então, talvez pode ter algumas ligações com Edmund e Violet, mas este livro pertence a série The Rokesbys, cujo segundo volume será lançado ano que vem (2017).

Eu adorei todos os livros, mas tenho meus favoritos, é claro. Vou colocar aqui a minha ordem de preferência: O Visconde Que Me Amava; O Duque e Eu; O Conde Enfeitiçado; Os Segredos de Colin Bridgerton; Para Sir Phillip, Com Amor; A Caminho do Altar; Um Beijo Inesquecível; Um Perfeito Cavalheiro. Todos eles eu dei nota máxima, como disse cada um tem sua essência, mas se eu for dizer, entre eles, quais eu gostei mais, essa seria a ordem. E vocês já leram os Bridgertons? Qual livro gostam mais? Coloca aí nos comentários suas preferências e o que achou da série. Quem ainda não leu a série, eu super recomendo e espero que ela possa conquistar vocês como me conquistou!

Até a próxima! <3

Eloise G.B 

5 comentários

  1. Ah, antes de eu falar qualquer coisa, preciso colocar minha ordem de favoritos hahaha
    1º Os segredos de Colin Bridgerton;
    2º Para Sir Phillip, com amor
    3º O Visconde que me amava
    4º O duque e eu
    5º Um beijo inesquecível
    6º A caminho do altar
    E bom, como você sabe, ainda não li o livro do Benedict e nem da Francesca, então eles ficam de fora, por enquanto, dessa minha lista.
    Amei esse post de estreia para essa nova coluna do blog. Essa série é maravilhosa e saber mais sobre o que você achou num geral fora bem bacana. Parabéns pelo post e espero mais, hein?
    Beeijooos e sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada mais uma vez Ruhh. Obrigada por compartilhar sua ordem tbm <3 E vai ter mais sim logo logo trarei mais novidades:)

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Olá!!!
    Amo os Bridgertons ♥♥ Adorei saber um pouco mais sobre a Julia e as novidades envolvendo a série!
    Ate agora, li os três primeiros. Sou uma pessoa super indecisa e não sei escolher, no caso, o meu TOP 3 kkkk
    Fico em dúvida, principalmente, entre os dois primeiros, mas vou deixar assim:
    1 - O Duque e Eu (pq foi o primeiro que li e me apaixonei ♥)
    2 - O Visconde que me amava ♥♥ (Anthony♥)
    3 - Um perfeito cavalheiro ♥

    Adorei o post !!!!

    Marquei o blog em uma TAG bem legal que respondi hoje! Se gostar, se sinta a vontade para responder!

    Abraço!
    http://bloghistoriasliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente muito difícil de escolher não é Cailes hahahaha Fico feliz que tenha gostado do post, obrigada pelo comentário e por marcar meu blog, vou lá olhar!!!! Bjuuuus!!!! <3

      Excluir

Topo